Doença de esposa afeta rotina de Mantega, diz revista

Reportagem da revista Época revela que o ministro está passando mais tempo em São Paulo para cuidar da esposa e sugere que ele pode deixar o governo

São Paulo – A rotina do ministro da Fazenda, Guido Mantega, foi afetada pela doença de sua esposa Eliane Berger Mantega, psicóloga e mãe de seu quarto filho, que descobriu estar com câncer no início de dezembro e está passando por um tratamento em São Paulo, segundo reportagem da revista Época.

De acordo com a reportagem, o ministro estaria passando mais tempo na capital paulista, utilizando um escritório local do ministério para trabalhar.

Embora a reportagem tenha sugerido que Mantega estivesse cogitando se afastar das funções para se dedicar mais à esposa, dando espaço para que seu secretário-executivo, Nelson Barbosa, assumisse o cargo, seu gabinete negou que ele pretenda abandonar a pasta.

Há nove anos ocupando cargos nos governos petistas, Mantega já comandou o Ministério do Planejamento, o BNDES e está na Fazenda há quase seis anos.

Uma eventual saída do ministro da pasta seria a oitava baixa no ministério da presidente Dilma Rousseff, que deve fazer uma reforma ministerial no próximo mês.