Doença de Chagas afeta 80 mil na Europa, dizem especialistas

O Chagas é uma doença tropical infecciosa causada por um parasita comum em zonas rurais da América Latina e que se alimenta de sangue

Madri – A doença de Chagas afeta na Europa 80 mil pessoas, com metade dos casos registrados na Espanha, devido à importância deste país como porta de entrada para o continente latino-americano, onde esse mal é endêmico em vários países.

A informação foi divulgada pelo especialista em Doenças Tropicais Desatendidas da Organização Mundial da Saúde (OMS), Pedro Albajar, em um evento realizado nesta quinta-feira na Casa da América, em Madri, para conscientizar sobre uma doença que soma aproximadamente oito milhões de pessoas em todo o mundo.

O Chagas é uma doença tropical infecciosa causada por um parasita comum em zonas rurais da América Latina e que se alimenta de sangue.

As pessoas contagiadas “podem transmitir a doença a outros por meio de transfusões de sangue, transplantes de órgãos ou de mães a filhos no momento da gravidez”, afirmou à Agência Efe o diretor da Unidade de Medicina Tropical do Hospital madrilenho Ramón e Cajal, Rogelio López-Vélez, presente no evento.

Albajar disse que “embora a Europa não tenha o inseto transmissor, o intercâmbio entre América Latina e Europa por imigração, turismo ou trabalho fez com que esteja presente neste último continente”.

Um dos principais problemas, segundo ele, é a falta de informação e “o medo dos supostos pacientes”, que relacionam a doença com a morte, assim como o medo que têm de ser discriminados pela sociedade. No mundo, “99% dos oito milhões de afetados não estão sendo tratados”, afirmou a presidente da Fundação Mundo Saudável, Silvia Gold.

A patologia pode estar presente no corpo durante décadas sem que sintomas apareçam, e quando ela se mostra, afeta órgãos como o coração, em 80% dos casos.