Disputa é acirrada em 4 Estados; Obama lidera na Virgínia

O democrata, candidato à reeleição, lidera nesse Estado com 49 por cento, contra 44 para o republicano Mitt Romney

Washington – A disputa presidencial nos Estados Unidos entre Barack Obama e Mitt Romney está muito apertada em quatro dos Estados considerados decisivos para a eleição de terça-feira, mas Obama construiu uma pequena vantagem em um deles, a Virgínia, segundo a pesquisa Reuters/Ipsos da quinta-feira.

O democrata, candidato à reeleição, lidera nesse Estado com 49 por cento, contra 44 para o republicano Mitt Romney. A diferença supera a margem de erro de 4 pontos, ferramenta usada para dar conta da variação estatística em pesquisas pela Internet.

Obama tem dois pontos de vantagem entre prováveis eleitores em Ohio e na Flórida, e Romney lidera por um ponto (47 x 46) no Colorado – três situações de empate técnico.

Pelo sistema eleitoral norte-americano, o presidente é eleito por um Colégio Eleitoral. Cada Estado envia um número fixo de delegados ao Colégio, proporcional à sua população, e em quase todos os Estados o vencedor local leva todos os delegados, independentemente da margem de votos sobre o segundo colocado.

Por isso, a eleição acaba sendo decidida em um punhado de Estados onde é impossível prever o resultado de antemão.


A especialista em pesquisas Julia Clark, do instituto Ipsos, disse que, além do resultado numérico, é importante acompanhar também a curva de intenção de voto em cada Estado – especialmente na Virgínia, onde na véspera a vantagem de Obama era de apenas 2 pontos.

“Será um Estado a acompanhar muito de perto nos próximos dias”, afirmou ela.

Clark disse que o resultado não foi afetado pela tempestade Sandy, que atingiu parte da Virgínia, mas sem causar a mesma devastação que em Nova Jersey e Nova York.

Na pesquisa nacional Reuters/Ipsos, com entrevistas feitas entre 28 de outubro e 1 de novembro, Obama lidera por um ponto percentual (47 x 46), também uma situação de empate técnico. É o terceiro dia consecutivo em que esse resultado se mantém, apesar do grande volume de publicidade dos dois candidatos e dos efeitos da tempestade Sandy.

A cinco dias da eleição, o voto parece consolidado – só 11 por cento dos eleitores de Romney e 8 por cento dos de Obama dizem que poderiam mudar de ideia.

Nos EUA, alguns Estados permitem a votação antecipada, seja por correio ou pessoalmente. A pesquisa mostrou que 26 por cento dos eleitores registrados já votaram, e entre eles Obama vence por 52 x 43 por cento. O resultado, no entanto, não indica uma tendência, já que os democratas habitualmente se mobilizam melhor para o voto antecipado.

Na pesquisa nacional, a margem de erro é de 3 pontos para os eleitores registrados, e 3,4 pontos para os prováveis eleitores.