Diretor do FBI se diz preocupado com diáspora terrorista

"Eu estou muito preocupado com o que está ocorrendo. Estou ainda mais preocupado com o que deve ocorrer", disse James Comey

Washington – O diretor do FBI, James Comey, afirmou estar preocupado com a “diáspora terrorista” para fora do Iraque e da Síria, com combatentes deixando os grupos extremistas e voltando às suas casas.

“Eu estou muito preocupado com o que está ocorrendo. Estou ainda mais preocupado com o que deve ocorrer”, disse Comey.

O diretor, o secretário de Segurança Nacional, Jeh Johnson, e o diretor do Centro Nacional de Contraterrorismo, Matthew Olsen, detalharam uma série de ameaças terroristas antes de uma reunião na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira.

Eles disseram estar inquietos com a ameaça imposta pelo Estado Islâmico e advertiram que o país deve lidar com uma série de vulnerabilidades, incluindo a existência de norte-americanos radicalizados por meio da internet que cometem atos terroristas.

“Não é mais necessário encontrar algum membro da Al Qaeda para se ter acesso ao treinamento e à inspiração para conduzir um ataque terrorista aqui nos EUA”, disse Comey.

“Alguém pode fazer isso vestido em pijamas, no seu porão.”

Terroristas criados dentro do próprio território, disseram as autoridades, são talvez os mais difíceis de localizar e deter, já que eles agem sozinhos.

“Em um país tão grande e tão livre, com o material que está disponível, é um grande desafio para nós”, afirmou Comey.

Ainda assim, o diretor do FBI e o secretário Johnson disseram estar progredindo em duas frentes: rastreando publicações online para identificar possíveis ameaças de dentro dos EUA, e trabalhando com comunidades que podem levar à radicalização.

Em um discurso de duas horas, as autoridades responderam repetidamente a perguntas de congressistas republicanos preocupados com uma possível entrada de terroristas pela fronteira sul dos Estados Unidos.

Johnson e Olsen disseram mais de uma vez que não têm informações ou evidências de que um plano como esse estaria em andamento.

O secretário confirmou que o Departamento de Segurança Nacional planeja instalar uma estrutura de comando regional nos moldes do Pentágono ao longo da fronteira sul.

Ele disse que deve anunciar em outubro os detalhes de “um esforço para oferecer todos os recursos de meu departamento à segurança da divisa”. Fonte: Dow Jones Newswires.