Diplomata dos EUA condena reação dos palestinos à fala de Trump

No mês passado, Trump rejeitou um consenso internacional de que o destino de Jerusalém deveria ser decidido em negociações de paz

Jerusalém – O embaixador dos Estados Unidos em Israel, David Friedman, afirmou que a resposta dos palestinos ao reconhecimento de Jerusalém como capital israelense por parte do presidente americano, Donald Trump, foi “feia” e “desnecessariamente provocativa”.

Em uma entrevista ao jornal Jerusalém Post, Friedman disse que os palestinos reagiram exageradamente à declaração de Trump e que algumas de suas respostas foram “feias” e “bastante emotivas e antissemitas”. Na entrevista, o diplomata também comentou que não haverá processo de paz entre palestinos e israelenses sem que haja o envolvimento dos EUA. “Não há nenhum caminho sem a presença dos EUA.”

No mês passado, Trump rejeitou um consenso internacional de que o destino de Jerusalém deveria ser decidido em negociações de paz e declarou que a cidade era a capital de Israel. A declaração provocou protestos nos territórios palestinos, enquanto líderes disseram que Washington não poderia mais servir como intermediário do processo de paz no Oriente Médio. Fonte: Associated Press.