Dinamarca aprova participação em ataque contra EI

Aviões de guerra do país escandinavo já haviam participado de ataques aéreos contra o Estado Islâmico no Iraque, mas não na Síria

Copenhague – O parlamento dinamarquês aprovou o plano do governo de enviar caças e forças especiais para se juntarem à coalizão liderada pelos EUA de combate a militantes do Estado Islâmico na Síria e no Iraque.

O apoio militar consistirá em até sete jatos F-16, um avião de transporte C-130 e cerca de 400 soldados, dos quais 60 são do esquadrão de elite.

A canal público de televisão TV2 disse que a ação foi formalmente aprovada pelos congressistas na terça, com o placar de 90 a favor e 19 contra.

Aviões de guerra do país escandinavo já haviam participado de ataques aéreos contra o Estado Islâmico no Iraque, mas não na Síria. As aeronaves passaram por manutenção no ano passado.Fonte: Associated Press.