Dilma deve viajar hoje para Portugal, onde fica até quarta-feira

Presidente acompanhará Lula, que receberá homenagens no país

Brasília – A presidente Dilma Rousseff deve viajar hoje (28) à noite para Portugal, onde fica até quarta-feira (30). Ela vai acompanhar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que será homenageado por três instituições portuguesas. Lula e Dilma desembarcam em Lisboa no momento em que os portugueses buscam o fim do impasse em torno de uma crise política e econômica no país.

Dilma tem reuniões com o presidente português, Aníbal Cavaco Silva, e o primeiro-ministro demissionário, José Sócrates. Ele renunciou ao cargo no último dia 23. Sócrates reagiu à decisão do Parlamento português de rejeitar uma série de medidas de austeridade.

A iniciativa contrariou o primeiro-ministro, que apresentou a renúncia ao cargo na última semana. No entanto, até a escolha de um sucessor, o presidente de Portugal avisou que ele será mantido com plenos poderes.

Paralelamente às questões políticas, Dilma vai reservar alguns horas para ficar ao lado de Lula. Em Coimbra, o ex-presidente receberá o título de doutor honoris causa pela Universidade de Coimbra – uma das mais antigas do mundo, criada no século 13.

O ex-presidente deve ser homenageado ainda pela Confraria do Vinho do Porto, organização criada em 1982. O prêmio, segundo a entidade, é concedido aos que atuam em favor da difusão, promoção e consolidação da bebida.

Em Lisboa, Lula deve receber um prêmio do Centro Norte-Sul do Conselho da Europa, uma instituição acadêmica que homenageia os defensores dos direitos humanos e que trabalha pela cooperação entre os povos.
Dilma só acompanhará Lula em Coimbra no dia 30, quando o ex-presidente receberá o título. O grau será concedido pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.

A viagem de Dilma a Portugal será a segunda ao exterior. No fim de janeiro, ela esteve na Argentina. De 11 a 15 de abril, a presidente irá à China para uma série de atividades e discussões mais comerciais e econômicas.