Diamante rosado será vendido por até US$ 28 milhões

Um diamante rosado de 16,09 quilates será vendido em 10 de novembro em Genebra, por um valor calculado entre US$ 23 milhões e US$ 28 milhões

Genebra – Um diamante rosado de 16,09 quilates, o maior desse tipo já apresentado em leilões, será vendido em 10 de novembro em Genebra, por um valor calculado entre US$ 23 milhões e US$ 28 milhões – anunciou a Christie’s.

O diamante “In the Pink” tem a certificação “Fancy vivid Pink” pelo Instituto Gemológico da América (GIA), acrescentou a empresa em uma nota.

Os diamantes rosados são classificados em cinco matizes, segundo a intensidade de suas cores. “Fancy vivid” é a cor mais elevada da escala.

Trata-se de uma pedra raríssima. Em 250 anos, apenas três diamantes rosados de mais de 10 quilates do tipo “Fancy vivid” foram leiloados, completou a Christie’s.

O diamante está montado em um anel, no qual a pedra central rosada é rodeada de duas fileiras de pequenos diamantes brancos, assim como o aro.

A joia será apresentada em Hong Kong, Nova York e Londres antes de ser leiloada em um dos mais prestigiosos hoteis de Genebra.

O recorde mundial por um diamante vendido em leilão é de novembro de 2010, quando o “Graff Pink”, um diamante rosado “Fancy Intense Pink” de 24,78 quilates, foi vendido em Genebra pela Sotheby’s por preço de US$ 46,15 milhões.