Dez são mortos em atentado no Paquistão

O atentado ocorreu perto de loja de DVDs

Peshawar – Dez pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas na explosão nesta sexta-feira de uma bomba perto de uma loja de DVDs em um distrito tribal do noroeste do Paquistão, próximo à fronteira afegã, informaram autoridades locais.

A bomba explodiu em um mercado de Kalaya, a principal cidade do distrito tribal de Orakzai, onde o exército paquistanês combate há anos os insurgentes islamitas.

“A explosão deixou dez mortos e mais de 20 feridos”, declarou à AFP Mehmood Aslam, uma autoridade local.

“Segundo nossas informações preliminares, a bomba estava escondida perto de uma loja de DVDs e de telefones celulares rodeada por barracas de chá e de comida”, acrescentou.

Fontes hospitalares confirmaram o balanço deste novo atentado, que ainda não foi reivindicado.

Os vendedores de CD e DVD foram alvo de ataques de insurgentes, que consideram seu negócio contrário à religião muçulmana.

O setor de Orakzai é um dos sete distritos tribais semiautônomos do noroeste paquistanês considerados um refúgio para os talibãs e outros grupos vinculados à Al-Qaeda. Desde 2007, mais de 5.500 pessoas perderam a vida em atentados no Paquistão.