Detectado na Espanha primeiro caso de microcefalia por zika

Há na Catalunha 39 casos de infecção pelo vírus da zika, dos quais 15 são homens e 24 mulheres, quatro delas grávidas

Barcelona – O primeiro caso de microcefalia de um feto infectado pelo vírus da zika na Espanha foi detectado em uma mulher grávida que teria sido infectada em uma recente viagem à América Latina.

Fontes sanitárias disseram à Agência Efe que a mãe manifestou sua intenção de seguir adiante com a gravidez, que já está na 20ª semana.

As autoridades sanitárias da Catalunha, onde a mulher vive, informaram em comunicado que o feto apresenta “diversas más-formações”.

Há na Catalunha 39 casos de infecção pelo vírus da zika, dos quais 15 são homens e 24 mulheres, quatro delas grávidas.

Em três dos casos, os fetos evoluem favoravelmente. Uma mulher infectada há meses pelo vírus da zika foi mãe recentemente e tanto ela como o bebê estão em perfeito estado e não apresentam nenhuma complicação.

As autoridades de saúde reiteraram a importância de informar do risco às mulheres grávidas de viajar para regiões onde o vírus está presente, principalmente países de Caribe, América do Sul, Central e África.

Aconselharam que, na medida do possível, estas mulheres adiem sua viagem até o final da gravidez.