Democratas lançam processo contra procurador-geral dos EUA

Bill Barr se recusa a entregar a versão na íntegra de seu relatório sobre o possível envolvimento da Rússia na eleições americanas de 2016

Os democratas lançam, nesta segunda-feira (6), um procedimento contra o procurador-geral dos EUA, Bill Barr, por criar obstáculos para as atribuições de investigação do Congresso, após sua recusa a entregar a versão na íntegra do relatório sobre o chamado “Russiagate”.

Em 18 de abril, foi publicada uma versão reduzida do informe do procurador especial Robert Mueller para proteger dados sensíveis. Os democratas, maioria na Câmara de Representantes, exigiram que a versão completa do texto seja entregue a partir desta segunda-feira.

“A versão editada do relatório do procurador especial apresenta, inclusive, indícios e sinais preocupantes de que o presidente (Donald) Trump obstruiu a Justiça”, disse o democrata Jerry Nadler, presidente do Comitê Judiciário da Câmara.