Delfim Netto: Mitt Romney é um risco para o mundo

Ex-ministro da Fazenda acredita que o republicano poderia ampliar a crise mundial

São Paulo – Para Antônio Delfim Netto, ex-ministro da Fazenda, o mundo pode sofrer um abalo sério com a eleição de Mitt Romney. “Os preconceitos que ele manifesta são muito complicados e podem ampliar muito a crise mundial”, disse.

Na visão de Delfim, Barack Obama só não está na frente nas pesquisas para ganhar a eleição hoje porque preferiu proteger os banqueiros e desempregar grande parte da população.

“Considero o programa do Mitt Romney um grande risco para o mundo. O Obama não é o melhor, mas dá para contar com ele”, afirmou em evento realizado hoje em São Paulo pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira.

Debate

Os candidatos nas eleições americanas realizaram ontem um novo debate. As primeiras pesquisas sobre o embate realizado na Universidade Hofstra, nos arredores de Nova York, apontam Obama como vencedor, mas não por larga margem sobre Romney.

O atual presidente dos Estados Unidos atacou o candidato republicano sobre finanças pessoais, plano fiscal e o recente comentário sobre os 47% dos americanos que não pagam imposto de renda.