David Petraeus assume chefia da CIA

O general vai suceder Leon Panetta, que ocupa o posto de secretário de Defesa

Washington – O general reformado David Petraeus foi nomeado nesta terça-feira chefe do Centro de Inteligência Americano (CIA). Ele vai suceder Leon Panetta, que ocupa o posto de secretário de Defesa, segundo um jornalista da AFP na Casa Branca.

Petraeus, que recentemente voltou à vida civil depois de deixar sua carreira no Exército graduado como general de quatro estrelas, jurou sobre a Bíblia diante do vice-presidente Joe Biden.

Ele ganhou reconhecimento como comandante de guerra após o 11 de Setembro e deixou o Exército na quarta-feira passada com um legado incerto no Afeganistão, onde liderou 140.000 soldados da força internacional que atuava neste país.

“Dever, honra e pátria. São essas as palavras que me vieram à mente no dia em que te reencontrei no Afeganistão”, afirmou Biden durante a curta cerimônia no salão Roosevelt da Casa Branca, a poucos passos do salão oval do presidente Barack Obama.

“Não há tempo a perder. O presidente quer que ele assuma suas funções agora”, acrescentou Biden.

“Sua carreira é exemplar, general”, disse ainda a Petraeus. “Você se destacou em tudo o que empreendeu”.

Petraeus, 58 anos, foi responsável em 2003 pelas tropas americanas no norte do Iraque. Em 2005, ele supervisionou a reconstrução do Exército iraquiano.

Em seu retorno, escreveu o manual da contra-inssureição, documento de referência para o Exército e a Marinha no combate aos insurgentes e fonte de inspiração para a nova estratégia no Iraque e no Afeganistão.

Petraeus foi escolhido por Obama para suceder Leon Panetta, que substituiu Robert Gates no posto de secretário da Defesa.

O presidente oficializou sua decisão no fim de abril, alguns dias antes da eliminação do líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, durante uma ação do comando americano no Paquistão. Petraeus, muito respeitado em Washignton, teve o apoio unânime do Senado em sua nomeação no dia 30 de junho.