Dalai Lama está entristecido com morte de Bin Laden

"Acho que é muito triste", declarou o líder espiritual tibetano durante uma entrevista coletiva à imprensa realizada próximo a Nova York

Newark – O Dalai Lama se disse entristecido nesta quinta-feira com a morte de Osama bin Laden, depois de ter dado a entender na semana passada que o líder da Al-Qaeda tinha merecido o seu destino.

“Acho que é muito triste”, declarou o líder espiritual tibetano durante uma entrevista coletiva à imprensa realizada próximo a Nova York.

“Acho que é ruim”, acrescentou, dez dias depois da eliminação de Bin Laden no Paquistão por um comando americano. “É como para Saddam Hussein quando ele foi enforcado: senti muita tristeza”.

Consultado na semana passada em Los Angeles, o Dalai Lama tinha dado a impressão de considerar que o homem mais procurado do mundo havia merecido seu destino.

“A compaixão não significa que é preciso esquecer o que aconteceu. Se ocorre alguma coisa grave que precisa de contra-medidas, é necessário tomar essas contra-medidas”, disse, segundo o Los Angeles Times.