Curdistão iraquiano adia eleições parlamentares e presidenciais

A comissão eleitoral do Curdistão iraquiano decidiu, nesta quarta-feira, adiar as eleições originalmente previstas para 1º de novembro

Bagdá – Autoridades iraquianas curdas adiaram as eleições parlamentares e presidenciais da região autônoma na sequência da retirada das forças curdas de regiões disputadas no norte e no leste do Iraque, informou a agência de notícias Kurdistan 24.

De acordo com a publicação, a comissão eleitoral do Curdistão iraquiano decidiu, nesta quarta-feira, adiar as eleições originalmente previstas para 1º de novembro. A agência afirmou que o Parlamento regional escolheria uma nova data.

O presidente regional curdo, Masoud Barzani, e seu Partido Democrata do Curdistão estão em uma posição delicada depois de terem liderado o plebiscito sobre a independência da região no mês passado.

A votação irritou o governo central do Iraque, que, desde então, assumiu o controle sobre a cidade de Kirkuk e outras áreas em disputa há muito cobiçadas pelos curdos.

A comissão eleitoral também disse que não havia candidatos suficientes para prosseguir com as pesquisas.

Fonte: Associated Press.