Crocodilo mata pastor protestante que realizava batismo em rio na Etiópia

O pastor realizava um batismo na presença de 80 pessoas quando um crocodilo o atacou no lago Abaya

Adis Abeba – Um pastor protestante morreu após ser atacado por um crocodilo enquanto batizava um grupo de fiéis em um lago do sul da Etiópia, informaram nesta terça-feira veículos de imprensa locais.

O reverendo Docho Eshete, de 45 anos, perdeu a vida no domingo no lago Abaya, o segundo maior da Etiópia e conhecido pela sua grande população do réptil.

O pastor praticava o batismo como parte de um serviço religioso ao qual assistiam cerca de 80 pessoas.

Segundo a rádio local “Bisrat FM”, Eshete tinha batizado a primeira pessoa quando de repente emergiu do lago um crocodilo que o arrastou para dentro da água.

Os fiéis tentaram impedir que o réptil matasse o pastor, mas não conseguiram lidar com os rápidos movimentos do animal, que devorou a vítima no ato.

O crocodilo escapou perante a intervenção de pescadores locais que lançaram redes ao lago, de cerca de 60 quilômetros de comprimento por 20 de largura, para recuperar o corpo do reverendo.

Segundo o Grupo de Especialistas em Crocodilos (CSG, por sua sigla em inglês), mais de 300 ataques deste animal a humanos são registrados todos os anos na África Subsaariana.