Cristina Kirchner para atividades por 2 dias por laringite

Presidente tinha previsto liderar atos de celebração do 150° aniversário da chegada dos primeiros colonos galeses à cidade de Puerto Madryn

Buenos Aires – A presidente argentina, Cristina Kirchner, suspendeu nesta segunda-feira suas atividades e ficará de repouso por 48 horas por conta de uma laringite aguda, informaram fontes oficiais.

A Unidade Médica Presidencial transmitiu através de um comunicado que a governante iniciou o “tratamento correspondente” e se submeterá a controles evolutivos.

Cristina Kirchner tinha previsto liderar hoje os atos de celebração do 150° aniversário da chegada dos primeiros colonos galeses à cidade de Puerto Madryn, na província argentina de Chubut (sul do país), junto ao primeiro-ministro de Gales, Carwyn Jones.

Desde que chegou à presidência, em dezembro de 2007, a chefe de Estado argentina, de 62 anos, enfrentou vários problemas de saúde, o mais recente em novembro, quando ficou hospitalizada devido a uma infecção da parte do cólon denominada sigmóide, que a manteve afastada das atividades públicas por três semanas.

Duas semanas antes daquele episódio, Cristina teve que ficar de repouso por 48 horas devido a um quadro de faringite e em julho de 2014 outra faringite a impediu de presidir as celebrações pelo aniversário da Declaração de Independência.

No começo de 2014, Cristina sofreu uma bursite do trocânter esquerdo -inflamação da parte externa da quadril- e uma entorse de tornozelo em março, em Roma.

Em outubro de 2013, a governante foi internada por conta de um hematoma craniano que a manteve afastada da atividade oficial durante um mês.

Em janeiro de 2012, passou por uma cirurgia para extirpar a glândula tireóide devido a um diagnóstico de câncer que finalmente resultou ser um “falso positivo”.