Cristina Kirchner adia ato em periferia de Buenos Aires

O ato representa o retorno de Cristina à periferia portenha, o maior distrito eleitoral do país e tradicional reduto peronista

Buenos Aires – A presidente argentina, Cristina Kirchner, adiou para sexta-feira, por causa das “inclemências climáticas”, o ato em massa que ia liderar hoje na periferia de Buenos Aires, informaram fontes oficiais.

O ato, que acontecerá ao meio-dia, representa o retorno de Cristina à periferia portenha, o maior distrito eleitoral do país e tradicional reduto peronista, pela primeira vez desde a cirurgia à qual se submeteu em outubro do ano passado.

A presidente argentina inaugurará um ginásio na cidade de Florencio Varela, a cerca de 25 quilômetros a sudeste da capital, e fará a entrega simbólica das primeiras concessões de um plano estatal de ajuda aos jovens lançado no mês passado.

Com seu retorno à periferia de Buenos Aires, a governante buscará alimentar a fidelidade dos prefeitos peronistas portenhos, que constituem um apoio fundamental para o Governo.