Crise econômica estimula a contratação temporária na Europa e nos Estados Unidos

Contratação temporária favorece empresas de colocação de pessoal no mercado de trabalho

Brasília – Por causa da crise econômica, as empresas nos Estados Unidos e na Europa preferem contratar trabalhadores temporárias. A avaliação é de Patrick de Maeseneire, diretor-geral do grupo suíço Adecco, uma das maiores empresas internacionais em recursos humanos, participante do Fórum Econômico Mundial em Davos.

“Temos de nos preparar para um período de retoma muito longo e muito lento”, aconselhou Maeseneire, ao explicar que “as empresas não reduzem verdadeiramente os seus efetivos. Resistem ou renunciam à contratação de trabalhadores permanentes”, informa a Agência Lusa.

Em dezembro último, a taxa de desemprego nos Estados Unidos atingiu 8,5%. A contratação temporária favorece empresas de colocação de pessoal no mercado de trabalho. No terceiro trimestre do ano passado, a empresa anunciou lucro de 13% do lucro líquido (€ 145 milhões).