Criança britânica com tumor cerebral é encontrada na Espanha

A criança britânica de cinco anos havia sido tirada sem consentimento médico por seus pais, ambos testemunhas de Jeová, de um hospital

Málaga — A Polícia Nacional encontrou às 17h30 (de Brasília) no Hotel Esperanza de Benajarafe, em Málaga, no sul da Espanha, a criança britânica de cinco anos que na terça-feira foi tirada sem consentimento médico por seus pais, ambos testemunhas de Jeová, do hospital onde estava internado em Londres para se tratar de um tumor cerebral.

Foi a recepcionista do hotel que avisou a polícia porque, contou à Agência Efe, tinha visto na televisão o aviso policial pedindo ajuda para localizar a criança e a placa do carro da família.

Foi o filho mais velho que fez o registro no hotel às 16h15 horas. Ele pediu a recepcionista que abrisse a garagem para estacionar o veículo. Foi quando a funcionária viu de quem se tratava e ligou para a polícia.

Outra funcionária do estabelecimento confirmou à Efe que a operação foi muito discreta, não alterando em nenhum momento o funcionamento habitual do hotel e a estadia dos outros hóspedes.