Correa tomará posse ‘popular’ após juramento no Parlamento

Rafel Correa foi reeleito em fevereiro para um período de mais quatro anos de governo. Presidente irá jurar ao cargo amanhã, em Quito

Quito – O presidente do Equador, Rafael Correa, que foi reeleito nas eleições de fevereiro, informou neste sábado que em 24 de maio jurará o cargo perante a Assembleia Nacional (Parlamento) durante a manhã, e no período da tarde irá a um parque de Quito para uma tomada de posse ‘popular’.

Em seu relatório semanal de trabalhos, Correa, no poder desde 2007, comentou que após o juramento do cargo na Assembleia, oferecerá um almoço aos presidentes e delegações que visitarão o país no Palácio de Carondelet, sede do Executivo, situado no centro histórico de Quito.

‘Depois haverá a posse popular no parque Bicentenário’, afirmou o líder sem entrar em detalhes sobre o lugar onde antes funcionava o aeroporto de Quito, que neste ano foi transferido para os arredores da capital equatoriana.

Correa conseguiu a reeleição logo no primeiro turno do pleito de 17 de fevereiro e governará o Equador até 2017.

Em 24 de maio também jurará o cargo de vice-presidente Jorge Glass, que substituirá Lenin Moreno, atual segundo líder do país.

O governante indicou que no dia seguinte será realizado um concerto popular na praça Simón Bolívar de Guayaquil, no qual participará o cantor argentino Alberto Cortéz.

Na quarta-feira passada, Correa fez o juramento aos titulares de nove ministérios, no marco de uma reorganização de sua equipe de colaboradores para este novo mandato.