Corpo encontrado em quintal de Londres caiu de avião

Autoridades acreditam que a vítima era um passageiro clandestino que viajava no trem de pouso de um avião do Quênia que chegava ao Reino Unido

A descoberta do corpo de um homem, provavelmente um passageiro clandestino que caiu do trem de pouso de um voo da Kenya Airways com destino ao aeroporto londrino de Heathrow, provocou grande comoção no bairro em que foi encontrado.

A vítima caiu no domingo no jardim de uma casa em Clapham, sudoeste de Londres, onde um homem tomava um banho de sol, afirmou um vizinho, citado pela agência britânica de notícias Press Association.

O vizinho disse que ouviu um grande barulhou e correu para a janela.

“A princípio, pensei que era um mendigo dormindo no jardim”, afirmou. “Ele estava com toda as roupas. Eu olhei mais de perto e vi que havia sangue em todos os muros do jardim.

“Eu rapidamente entendi que havia caído”.

A testemunha disse que o vizinho estava em “choque”. “Ele tomava um banho de sol e (o homem) caiu a um metro dele”, completou o morador, que pediu anonimato.

O corpo caiu com tamanha força que provocou um buraco na grama, segundo uma fotografia publicada pelo tabloide The Sun.

De acordo com o vizinho, o corpo estava intacto, entre outros motivos, porque era como um “bloco de gelo”.

Os investigadores acreditam que o homem era um “passageiro clandestino, que caiu do trem de pouso”, informou a Scotland Yard.

“Uma bolsa, água e comida foram encontrados no compartimento do trem de pouso”, explicou a polícia.

Nos últimos anos foram registrados vários incidentes similares nos arredores de Londres.

Em 2012, o corpo de um homem procedente de Moçambique foi encontrado em uma calçada de East Sheen (sul de Londres), depois de cair de um voo da British Airways procedente de Angola.