Coreia do Norte participará das Olimpíadas de 2020 e 2022

Recentes Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang possibilitaram uma aproximação entre o Sul e o isolado Norte

A Coreia do Norte participará nos Jogos Olímpicos de 2020 e 2022, anunciou neste sábado o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, após uma reunião com o líder norte-coreano Kim Jong Un em Pyongyang.

Bach também disse que o COI vai propor um “potencial desfile conjunto” das delegações das duas Coreias durante as cerimônias dos Jogos de Tóquio-2020 e outras atividades compartilhadas.

Os recentes Jogos Olímpicos de Inverno, organizados em fevereiro na cidade sul-coreana de Pyeongchang, possibilitaram uma aproximação entre o Sul e o isolado Norte.

No evento, os atletas dos dois países desfilaram juntos na cerimônia de abertura e formaram uma equipe feminina única de hóquei no gelo.

O degelo terá como auge uma reunião de cúpula entre o líder norte-coreano e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, em 27 de abril, seguida por uma reunião histórica entre Kim Jong Un e o presidente americano Donald Trump em maio.

No retorno de Pyongyang, Thomas Bach declarou neste sábado no aeroporto de Pequim que as conversas de sexta-feira com Kim Jong Un foram “muito abertas e frutíferas”.

“Anunciaram que participarão dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 e dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim-2022, assim como em todas as edições dos Jogos Olímpicos da Juventude”, declarou Bach com satisfação.

“E este compromisso foi totalmente respaldado pelo líder supremo da Coreia do Norte”, completou.

De acordo com a agência de notícias oficial norte-coreana KCNA, Kim Jong Un agradeceu ao presidente do COI por sua contribuição ao “degelo” das tensões na península coreana.

Thomas Bach desembarcou na Coreia do Norte na quinta-feira para uma visita de três dias, concluída neste sábado, depois de receber um convite do Comitê Olímpico Norte-Coreano.