Coreia do Norte admite manter americano de 85 anos na prisão

Merrill Newman, de 85 anos, foi veterano da Guerra da Coreia e estava no país de férias

São Paulo – O governo da Coreia do Norte reconheceu que mantém um cidadão americano de 85 anos, ao qual os diplomatas não têm acesso, em uma de suas prisões.

A prisão de Merrill Newman em 26 de outubro foi revelada esta semana pela família à imprensa americana.

Pessoas próximas ao veterano da Guerra da Coreia dizem que não sabem os motivos de sua detenção.

A porta-voz do Departamento de Estado americano, Jennifer Psaki, indicou que a Suécia representa os interesses dos Estados Unidos na Coreia do Norte e que Pyongyang “recusou o acesso” dos diplomatas suecos ao americano.

As autoridades norte-coreanas detém outro americano, Kenneth Bae, de 45 anos, acusado e condenado em 2012 a quinze anos de trabalhos forçados por proselitismo religioso.