Coreia do Norte aceita retomar linha de comunicação com Sul

A Coreia do Norte concordou em reabrir uma linha de comunicação militar com a Coreia do Sul nesta semana

Seul – A Coreia do Norte concordou nesta quinta-feira em reabrir uma linha de comunicação militar com a Coreia do Sul nesta semana, mais um passo em direção à melhora das relações entre os dois países, informaram autoridades.

O acordo foi negociado pelos membros norte e sul-coreanos de um comitê encarregado da reabertura da zona industrial conjunta de Kaesong, informou o ministério da Unificação da Coreia do Sul.

O comitê foi formado em um acordo alcançado no mês passado com o objetivo de retomar as operações na zona, e se focou no tempo para a reabertura do complexo, com seus membros do subcomitê reportando questões técnicas e organizacionais, entre outros pontos.

“Na reunião do subcomitê de hoje, os dois lados concordaram em fazer uma ligação de teste através da linha de comunicação militar na sexta-feira”, disse um funcionário do ministério da Unificação à AFP.

A linha de comunicação foi utilizada para fornecer garantias de segurança quando executivos sul-coreanos visitavam o complexo.

Ela foi cortada em meio ao aumento das tensões militares que se seguiram à realização de um teste nuclear pela Coreia do Norte em fevereiro.

A Coreia do Norte prometeu religar a linha em julho, mas não traduziu suas palavras em ações.

Atualmente, os dois lados usam a linha da Cruz Vermelha na aldeia de Panmunjom para trocar mensagens.

O complexo de Kaesong foi criado no lado norte-coreano da fronteira em 2004 como um raro símbolo de cooperação intercoreana, mas foi fechado em abril por Pyongyang em meio à tensão que reinava entre os dois países.