Controle dos incêndios no Canadá exigirá várias semanas

Após uma semana infernal, uma mudança na direção do vento permite pensar em uma melhoria na situação

“Semanas e semanas” de trabalho serão necessárias para se controlar os imensos incêndios que estão devastando as florestas em torno da cidade canadense de Fort McMurray, avaliou nesta sexta-feira o diretor de controle de incêndios da província de Alberta, Chad Morrisson.

Após uma semana infernal, uma mudança na direção do vento permite pensar em uma melhoria na situação, após cerca de 2 mil residências serem destruídas, levando à evacuação dos 100 mil habitantes de Fort McMurray.

Os incêndios “se propagam em direção ao nordeste, se afastando de Fort McMurray (…) e das maiores zonas industriais”, disse a primeira-ministra de Alberta, Rachel Notley, à rede estatal CBC.

A partir de domingo, mais de 1.000 km2 de florestas foram destruídos em Alberta, uma área equivalente a dez cidades de Paris.

“Vamos levar semanas e semanas para apagar estes incêndios”, advertiu Morrisson.

Nesta sexta-feira, havia 40 incêndios florestais ativos em Alberta, incluindo cinco fora de controle, combatidos por 1.200 bombeiros, auxiliados por 110 helicópteros, 27 aviões-tanque e 295 escavadeiras.