Contêiner de combustível nuclear sai de piscina de Fukushima

Tepco anunciou que removeu com êxito e transportou um primeiro contêiner de 22 unidades de combustível nuclear retiradas da piscina do reator 4 de Fukushima

Tóquio – A operadora da central atômica japonesa de Fukushima, devastada em 2011 por um maremoto, anunciou nesta quinta-feira que removeu com êxito e transportou um primeiro contêiner de 22 unidades de combustível nuclear retiradas da piscina do reator 4.

“Um primeiro contêiner que reúne as 22 unidades foi transportado com segurança (por um caminhão) do edifício do reator 4 à piscina comum”, a vários metros de distância, explicou a Tokyo Electric Power (Tepco) em uma mensagem eletrônica.

Na terça-feira, a Tepco terminou sem problemas a transferência a este contêiner de 22 peças de combustível nuclear submersas na piscina de desativação do reator 4.

Depois, o recipiente cilíndrico gigante (5,5 metros de altura e 2,1 metros de diâmetro) foi fechado, retirado da piscina e descontaminado, para ser carregado nesta quinta-feira em um caminhão e levado à piscina comum, onde as peças permanecerão submersas por ao menos dez anos.

Na segunda-feira passada, a Tepco começou a delicada extração das 1.533 peças armazenadas na piscina 4, começando pelas novas (202) que apresentam menos riscos que as 1.331 peças usadas, a metade das quais são muito radioativas.

Esta é a operação mais delicada desde a estabilização destas instalações nucleares, em dezembro de 2011, seis meses depois de um terremoto e de um maremoto que devastaram o nordeste do Japão.