Contagem final dá vitória a Peña Nieto com 84% de apuração

O candidato do PRI aparece com 38,50% dos votos

México – O cômputo final de atas e a recontagem parcial de votos que acontece nos 300 conselhos de distrito do Instituto Federal Eleitoral (IFE) dão vitória a Enrique Peña Nieto com 84% de apuração, informou o órgão nesta quinta-feira.

Até as 5h50 locais (7h50 de Brasília) haviam sido computados os votos de cerca de 120.500 mesas eleitorais das mais de 143 mil que foram instaladas em 1º de julho no México.

Peña Nieto, da coalizão Partido Revolucionário Institucional (PRI) e Verde Ecologista (PVEM), está 38,50%, à frente de Andrés Manuel López Obrador, que soma 31,26% dos votos.

Em terceiro lugar vai ficando a representante do Partido Ação Nacional (PAN), de situação, Josefina Vázquez Mota, com 25,47% dos votos, e em última posição, Gabriel Quadri, com 2,29%, pelo Partido Nova Aliança (Panal).

Os dados publicados do cômputo oficial até agora coincidem quase totalmente com os do Programa de Resultados Eleitorais Preliminares (Prep), que foi fechado em 2 de julho à noite.

Assim, Peña Nieto vai se definindo como ganhador de uma eleição que López Obrador considerou ‘injusta’ e a qual anunciou que impugnará pela via legal no Tribunal Eleitoral do Poder Judiciário da Federação (TEPJF).

Se o candidato entrar realmente com a ação, o resultado final definitivo pode ser divulgado até no máximo o dia 6 de setembro.

O sucessor do atual presidente do México, Felipe Calderón, deve assumir o cargo em 1º de dezembro.