Confrontos na Ucrânia deixam 2 mortos e 8 feridos

Civis foram atingidos por fogo de artilharia na ofensiva das forças ucranianas contra os separatistas pró-russos

Kiev – Pelo menos dois civis morreram e outros oito ficaram feridos na cidade de Lugansk, no leste da Ucrânia, por fogo de artilharia na ofensiva das forças ucranianas contra os separatistas pró-russos, informou nesta sexta-feira a Prefeitura da cidade.

“Na quinta-feira, após a queda de um projétil sobre uma casa na Rua Menzhinski, uma mulher morreu e um homem ficou ferido”, afirmou a Prefeitura em comunicado.

A nota acrescentou que “um homem morreu por ferimento de bala no distrito 27” e outros sete civis foram feridos por projéteis que atingiram bairros residenciais da cidade.

O bombardeio também atingiu um colégio e uma clínica médica, mas não deixou vítimas fatais.

Além disso, nos distritos de Kamennobrodski e Zhovtenevi, cerca de 5 mil moradores ficaram sem luz pelo fogo de artilharia.

Nessas condições, o prefeito da cidade, Sergei Kravchenko, exigiu hoje que as partes beligerantes ponham fim à violência sem demoras.

“Em nome de nossa sociedade exijo o fim da destruição de nossa cidade e de seus residentes”, declarou em comunicado.

Enquanto isso, os combates prosseguem também na região vizinha de Donetsk, onde foram ouvidos disparos e bombardeios durante a noite.

O governo de Kiev anunciou hoje que vai divulgar na próxima segunda-feira um plano para a evacuação de civis das regiões do leste do país, onde as tropas do Exército combatem às milícias separatistas pró-russas.

A ofensiva foi retomada na última terça-feira pelas autoridades ucranianas depois que a trégua estipulada entre as partes fracassou.