Confrontos étnicos deixam 2 mortos na Argélia

Enfrentamentos entre árabes sunitas e berberes ibadies está ocorrendo com frequência no sul do país

Argel – Dois jovens morreram nesta segunda-feira em confrontos étnicos na cidade de Berriane, na província de Gardaia, no sul da Argélia, onde nos últimos meses se repetem com frequência enfrentamentos entre árabes sunitas e berberes ibadies.

Segundo a agência oficial ‘APS’, nos confrontos também ficaram feridos dez policiais quando tentaram interpor-se entre jovens dos dois bandos que tinham queimado uma dezena de lojas e a sede governamental da cidade.

Os choques começaram no domingo, e nesta segunda-feira os jovens lançaram pedras, coquetéis molotov e pneus ardendo na estrada nacional número 1 (que atravessa a Argélia do norte ao sul), cortando a circulação durante várias horas.

Em relação com este caso, 1.500 policiais argelinos se manifestaram hoje com seus uniformes (apesar de ser ilegal) em Gardaia para protestar pelo que consideram abusivas condições de trabalho para manter a ordem nesta convulsa região.

Desde o último mês de janeiro ocorrem com certa frequência na região do Mozab, cuja capital é Gardaia, enfrentamentos entre árabes e berberes que causaram pelo menos sete mortos e dezenas de feridos.