Confrontos deixam 8 mortos no leste da Líbia

Uma fonte de segurança informou que os confrontos continuaram durante esta madrugada, também em torno do aeroporto internacional de Benina

Trípoli – Pelo menos oito pessoas morreram e mais de 15 ficaram feridas na província de Bengazi, na Líbia, em confrontos entre milícias islamitas e forças paramilitares dirigidas pelo general sublevado Jalifa Hafter, informaram nesta quinta-feira à Agência Efe fontes médicas.

Os enfrentamentos aconteceram ontem à noite nos bairros de Buatni e Sidi Mansur, assinalou a fonte, que acrescentou que os feridos, cinco deles graves, foram levados para hospitais de Al Maray e Al Biar.

Uma fonte de segurança informou que os confrontos continuaram durante esta madrugada no bairro de Buatni, assim como em torno do aeroporto internacional de Benina.

Na quarta-feira, uma mulher sudanesa morreu no bairro de Al Laiti atingida por um foguete na casa onde trabalhava, acrescentou a fonte.

Benghazi, a segunda cidade do país, vive desde 16 de maio vários choques entre milícias islamitas e forças dirigidas por Hafter, que conduziu uma campanha militar batizada como “Al Karama” (A dignidade) que pretende eliminar islamitas e terroristas do país.

Há três dias Hafter bombardeou em um duplo ataque aéreo posições sob controle dos islamitas na cidade de Misrata, ao leste da capital, causando sete mortes.