Conflito sírio é ‘abertamente sectário’, diz comissão da ONU

Comissão indicou que há na Síria uma guerra desgastante, que produziu uma incalculável destruição e muito sofrimento humano

Genebra, 20 dez (EFE).- O conflito na Síria se transformou em um fenômeno ‘abertamente sectário’ no qual se enfrentam grupos étnicos e religiosos, afirmou nesta quinta-feira a comissão independente patrocinada pela ONU para investigar a situação no país árabe.

‘À medida que os combates entre as forças do Governo e os grupos armados de oposição se aproximam do final do seu segundo ano, o conflito passou a ser abertamente sectário em sua natureza’, disse a comissão em uma atualização das suas pesquisas.

A comissão, que é presidida pelo brasileiro Sérgio Pinheiro, indicou que há na Síria ‘uma guerra desgastante que produziu uma incalculável destruição e muito sofrimento humano’, com as partes em conflito agindo ‘de maneira mais violenta e imprevisível’. EFE