Comitiva japonesa erra trajeto e acaba em favela no Rio

Ninguém foi abordado nem houve troca de tiros, mas as forças de segurança da Rio+20 chegaram a ser acionadas

Rio de Janeiro – Integrantes da comitiva do Japão que visita o Rio em razão da Rio+20 erraram um trajeto, entraram em uma favela e se depararam com homens armados no Caju, na área central da cidade, por volta das 14 horas da quinta-feira. Ninguém foi abordado nem houve troca de tiros, mas as forças de segurança da   chegaram a ser acionadas.

Segundo a Polícia Militar, a comitiva de japoneses seguia para uma visita a uma estação de tratamento de água da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) no Parque Alegria, na zona norte, quando dois carros erraram o caminho e ingressaram na favela. Um dos veículos saiu imediatamente e acionou as forças de segurança.

A PM chegou a mobilizar 20 policiais, que teriam apoio de homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e de um helicóptero do Grupamento Aéreo e Marítimo (GAM).

Mas, antes que a procura pelo segundo veículo fosse iniciada, o carro saiu da favela e avisou a PM, que cancelou a operação.