Comitê Olímpico Internacional acaba com suspensão da Índia

Comitê Olímpico Internacional retirou com efeito imediato a suspensão imposta há dois meses à Índia por não cumprimento da carta olímpica

Sochi – O Comitê Olímpico Internacional (COI) retirou nesta terça-feira com efeito imediato a suspensão imposta há dois meses à Índia por não cumprimento da carta olímpica, anunciou o COI em Sochi.

“A Índia foi reintegrada. A decisão tem efeito imediato. Esta decisão significa que os atletas indianos podem competir por seu comitê olímpico nacional”, afirmou Mark Adams, porta-voz do COI.

O COI suspendeu o Comitê Olímpico Indiano em 5 de dezembro por interferências do governo nas eleições e problemas de administração, com suspeitas de corrupção, atos contrários à Carta Olímpica.

Apesar dos progressos registrados desde a suspensão, o COI espera que o comitê indiano aplique as novas regras de funcionamento com eleições internas abertas e transparentes.

A eleição aconteceu nesta terça-feira e o COI enviou observadores.

Três atletas indianos participam nos Jogos de Sochi: Nadeem Iqbal (esqui de fundo), Shiva Keshavan (luge) y Himanshu Thakur (esqui alpino).

Com a suspensão ao país, os três desfilaram com a bandeira olímpica, como atletas independentes, na cerimônia de abertura de sexta-feira passada dos Jogos de Sochi.

*Atualizada às 10h26 do dia 11/02/2014