Comissão Europeia comemora resultado de referendo na Escócia

O presidente da Comissão Europeia disse que resultado do referendo da Escócia é bom e favorece uma Europa mais unida e forte

Bruxelas – O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, afirmou nesta sexta-feira que o resultado do referendo da Escócia contrário à sua independência do Reino Unido é “bom” e favorece uma “Europa mais unida e forte”.

“Dou as boas-vindas à decisão do povo escocês de manter sua unidade com o Reino Unido”, disse Barroso, que afirmou que “este resultado é bom para a Europa unida, aberta e forte que a Comissão Europeia apoia”.

Barroso ressaltou que “a Comissão Europeia se felicita pelo fato de que, durante o debate ocorrido nos últimos anos, o governo escocês e os escoceses reafirmaram repetidamente seu compromisso europeu”.

Além disso, destacou que o Executivo comunitário “seguirá comprometido em um diálogo construtivo com o governo escocês nas áreas que ficam sob sua responsabilidade, e que são importantes para o futuro da Escócia”.

Nessas áreas, o presidente em fim de mandato da Comissão Europeia inclui “o trabalho e o emprego, a energia, a mudança climática e o meio ambiente e a regulação inteligente”.

Barroso assinalou reiteradas vezes que se uma parte de um Estado-membro alcançasse a independência passaria a ser um “terceiro país” a respeito da União e deixaria de pertencer ao bloco.