Combates em Trípoli impedem chegada de navio para evacuação de poloneses

Guerra entre rebeldes e o ditador Muammar Kadafi impede a evacuação de estrangeiros na Líbia

Berlim – Os combates em torno de Trípoli impediram neste domingo a chegada de um navio enviado pelo Governo da Polônia para a evacuação dos últimos cidadãos deste país que permanecem na Líbia, informaram fontes do Ministério das Relações Exteriores de Varsóvia.

A embarcação “MS Triva 1”, com bandeira de Malta, foi atacada quando tentava se aproximar do porto de Trípoli e teve de recuar para alto-mar, acrescentaram as fontes.

Entre as pessoas que o navio pretendia evacuar, está uma mulher com três crianças, que no sábado havia solicitado ajuda às autoridades polonesas para abandonar a Líbia.

A mulher, moradora de um dos bairros atingidos pelos combates em Trípoli, já se encontrava no porto da capital líbia aguardando sua evacuação.

A Polônia anunciou no sábado a evacuação de seus últimos cidadãos na Líbia, diante da intensificação dos combates, enviando em seguida o “MS Triva 1” rumo a Trípoli.

As autoridades de Varsóvia tinham pedido a seus cidadãos que entrassem imediatamente em contato com a embaixada polonesa em Trípoli para realizar a evacuação, advertindo também que, diante das previsíveis condições “difíceis” da viagem, levassem água e alimentos para as 24 horas seguintes.

Fontes de Varsóvia anteciparam ainda que a capacidade do navio era “limitada”.