Combatentes curdos resistem em Kobane

"As milícias curdas continuam controlando a maior parte da cidade e resistem ao EI", revelou Comando Central dos EUA

Os combatentes curdos mantêm o controle sobre a cidade de Kobane, no norte da Síria, atacada pelos jihadistas do Estado Islâmico (EI), em torno da qual os Estados Unidos e seus aliados reforçaram o bombardeio aéreo, informou nesta quarta-feira o Comando Central dos EUA (Centcom).

“As milícias curdas continuam controlando a maior parte da cidade e resistem ao EI”, revelou o Centcom, encarregado do Oriente Médio e da Ásia Central, destacando que aparelhos dos Estados Unidos e da Turquia lançaram oito ataques contra os jihadistas nos arredores de Kobane, situada na fronteira com a Turquia, destruindo cinco veículos armados, um depósito de material, um centro de comando, um campo logístico e oito barracas.

Estes ataques se somam a outras seis incursões aéreas, realizadas por EUA e Emirados Árabes Unidos contra a região de Kobane, segundo o Centcom.

No Iraque, os Estados Unidos realizaram três novos ataques, destruindo um posto de controle e quatro veículos em Ramadi e Mossul, respectivamente, e bombardeando posições jihadistas na região de Kirkuk.