Comandante da Otan diz que Kadafi ordenou destruir refinarias

Militar canadense negou, porém, que haja informações de planos para destruição de toda Trípoli caso os rebeldes tomem o controle

Toronto, Canadá – O comandante da missão da Otan na Líbia, o tenente-general canadense Charles Bouchard, disse nesta quinta-feira que Muammar Kadafi ordenou suas tropas destruir as refinarias e outras instalações antes que estas caiam nas mãos de forças rebeldes.

Mas Bouchard negou, durante uma conferência por telefone com meios de comunicação baseados no Canadá, ter conhecimento de supostos planos de Kadafi de destruir totalmente Trípoli se eles perderem o controle da capital líbia.

“Não tenho conhecimento de nenhum plano da magnitude como este”, disse Bouchard.

A declaração de Bouchard ocorre depois de Mikhail Margelov, o enviado russo à África, declarasse ao jornal russo “Izvestia” que o regime líbio tem planos para destruir Trípoli com o lançamento em massa de mísseis se as forças rebeldes tomarem a capital líbia.

“O que posso dizer é que o regime de Kadafi ordenou as forças destruir certas instalações, como refinarias”, explicou Bouchard.

Bouchard, no entanto, insinuou que Kadafi está começando a perder as tropas que ainda são fiéis ao seu regime.

“Estamos vendo seus generais indo embora, suas tropas abandonando seus postos, e é preciso considerar todos estes aspectos”, explicou.