Comandante da Força Aérea turca confessa tentativa de golpe

Mais de 200 pessoas foram mortas após uma facção das Forças Aramadas iniciar uma tentativa de golpe na noite de sexta-feira

Ancara – O ex-comandante da Força Aérea turca Akin Ozturk confessou a procuradores seu papel no planejamento do golpe que tentou derrubar o governo durante o fim de semana, relatou nesta segunda-feira a agência de notícias estatal Anadolu.

Mais de 200 pessoas foram mortas após uma facção das Forças Aramadas iniciar uma tentativa de golpe na noite de sexta-feira, fechando uma ponte que atravessa o estreito de Bósforo, tentando capturar o principal aeroporto de Istambul e enviando tanques ao Parlamento, em Ancara.