Com desemprego acima dos 8%, EUA ‘comemoram’ dia do trabalho

Foram registrados 374.000 pedidos de seguro-desemprego de 19 a 25 de agosto

São Paulo – Hoje é comemorado o dia do trabalho nos Estados Unidos. O país enfrenta uma taxa de desemprego que, em julho, chegou a 8,3%. Isso significa que a taxa ficou acima de 8% em mais de três anos pela primeira vez desde a Grande Depressão. 

Em janeiro a taxa já estava em 8,3%, caiu em março e abril, voltando a subir em maio. O número de pessoas desempregadas chega a 12,8 milhões. O número de desempregados há 27 semanas ou mais corresponde a 40,7% do total. Em agosto, os pedidos de auxílio-desemprego subiram em 10 mil. 

Dados divulgados na semana passada pelo departamento do Trabalho indicaram que os novos pedidos de seguro-desemprego permaneceram estáveis nos Estados Unidos depois de duas semanas em alta. Foram registrados 374.000 pedidos de seguro-desemprego de 19 a 25 de agosto. A previsão era de baixa. 

Mesmo com uma situação complicada no mercado de trabalho, comemorações marcaram o dia. Veja ao lado as fotos de participantes da Charlotte Labor Day Parade.