Colômbia e Farc fazem “diálogo construtivo” para resgatar acordo

"As Farc estão comprometidas com levar esse processo de paz adiante", afirmou o grupo no Twitter

Havana – Os negociadores do governo e das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) realizaram neste sábado um “diálogo construtivo” em Havana na busca de um novo acordo de paz que desta vez tenha o apoio da maioria dos cidadãos do país.

A equipe do governo colombiano publicou em sua conta oficial no Twitter uma imagem da reunião, acompanhada de uma mensagem que indicava que o diálogo seria construtivo.

Na foto é possível observar os representantes de ambos os lados na reunião, entre eles o chefe da equipe do governo, Humberto de la Calle, o número dois da guerrilha, Ivan Márquez, conhecido como Luciano de Marín Arango, que lidera as Farc nas conversas.

O próprio Márquez também usou o Twitter para afirmar que os dois lados estavam analisando “pontos de vista de diversos setores da sociedade sobre o acordo de paz”.

“As Farc estão comprometidas com levar esse processo de paz adiante”, afirmou o grupo pela mesma rede social.

Ontem, a equipe liderada por De La Calle viajou à capital cubana com uma série de propostas apresentadas pelos diferentes líderes que promoveram o “não” ao acordo de paz no referendo. O principal opositor do pacto é o ex-presidente Álvaro Uribe e seu partido, o Centro Democrático.

Hoje, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, afirmou que pediu que seus negociadores “coloquem o pé no acelerador” para conseguir muito em breve um novo acordo de paz com as Farc.