Colômbia anuncia que general Alzate será libertado no sábado

Presidente Juan Manuel Santos fez o anúncio durante seu discurso ao final de um fórum de empreendimento e equidade em Bogotá

Bogotá – O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, anunciou nesta quarta-feira que o general Rubén Darío Alzate, sequestrado junto com dois acompanhantes pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), será libertado no próximo sábado.

Santos fez o anúncio durante seu discurso ao final de um fórum de empreendimento e equidade em Bogotá, onde disse ter a informação necessária para assegurar que a libertação do general, do cabo Jorge Rodríguez e da advogada Gloria Urrego não passará do próximo final de semana.

“E, por último, um anúncio de uma informação que acaba de me chegar, sobre o que muitos têm me perguntado, que quando é que vão libertar o general, a senhora e o cabo. De acordo com os protocolos, isso poderá acontecer no sábado. Então no sábado teremos isso”, comentou.

O general foi sequestrado junto com seus acompanhantes no casario de Las Mercedes, em uma região remota do departamento de Chocó.

Minutos depois, Santos acrescentou no Twitter que ordenou a suspensão das atividades militares nessa região, em prol de permitir que uma equipe do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), que dirigirá a operação humanitária, tenha acesso à área para receber os libertados.

O general Alzate é o militar de mais alta patente já capturado pela guerrilha. Seu sequestro abriu a maior crise do processo de paz que o governo e as Farc mantêm há dois anos em Havana, e que Santos suspendeu por este incidente.

Por este motivo, ambas partes confiam que após a libertação do general e seus acompanhantes as negociações sejam retomadas em Cuba, onde já se alcançaram pré-acordos sobre três dos cinco pontos da agenda para assinar a paz.