COI lamenta atentado promovido na Maratona de Boston

Jacques Rogge, presidente do comitê, lamentou as três mortes provocadas por duas explosões na proximidade da linha de chegada da Maratona de Boston

Madri – Presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), o belga Jacques Rogge, lamentou nesta terça-feira as três mortes provocadas por duas explosões na proximidade da linha de chegada da Maratona de Boston, nos Estados Unidos.

“Meus pensamentos e os de todo o Movimento Olímpico estão com as vítimas, seus amigos e suas famílias”, disse Rogge, em comunicado divulgado hoje pelo COI.

“Uma maratona é uma prova especial, quase mágica que reúne diferentes comunidades com um objetivo comum, e tenho certeza que este incidente servirá para unir a todos que participavam e a todos os que apoiavam esta prova, com um mesmo propósito”, completou o dirigente.