Coalizão bombardeia Al Raqqa após contra-ataque do EI

Nas últimas horas, houve intensos enfrentamentos entre o EI e as Forças da Síria Democrática, uma aliança liderada por milícias curdas e apoiada pelos EUA

Beirute – A coalizão internacional bombardeou nesta sexta-feira posições do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) nos bairros de Al Meshlab e Al Sina, no leste de Al Raqqa, na Síria, depois que os jihadistas iniciaram ontem um contra-ataque nesta parte da cidade.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) indicou que houve intensos enfrentamentos nas últimas horas entre o EI e as Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança armada liderada por milícias curdas e apoiada pelos Estados Unidos.

Segundo o OSDH, a coalizão pediu que as FSD e seus aliados se concentrem em determinados lugares e não se desloquem, já que o seu objetivo é atacar qualquer ponto que se mova por Al Sina e Al Meshlab.

O EI retomou ontem o controle de várias posições em um contra-ataque nesses bairros, coincidindo com o avanço das FSD pela periferia sul da cidade, fechando o cerco completo aos extremistas em Al Raqqa.