Circo Ringling Bros não fará mais espetáculos com elefantes

O circo retirará de seus espetáculos 13 elefantes exemplares de uma espécie ameaçada e os transferirá em 2018 para Centro de Conservação de Elefantes

Miami – O circo Ringling Bros retirará de seus espetáculos itinerantes 13 elefantes asiáticos, exemplares de uma espécie ameaçada, e os transferirá em 2018 para seu Centro de Conservação de Elefantes na Flórida, anunciou nesta quinta-feira a companhia produtora, Feld Entertainment.

Esta decisão “sem precedentes” foi tomada depois de alguns anos de polêmica sobre a participação destes animais nos espetáculos do circo Ringling Bros.

Uma vez retirados os elefantes, o circo mais antigo dos EUA oferecerá outros “animais extraordinários” frequentes em seus espetáculos, como tigres, leões, cavalos, cachorros e camelos.

A mudança dos elefantes, que hoje viajam em três unidades do circo, permitirá à companhia se concentrar em seus programas de conservação deste animal ameaçado que são desenvolvidos na América do Norte e no Sri Lanka, além de colaborar com outras organizações.

“Sabíamos que teríamos um papel-chave na salvação do elefante asiático para as próximas gerações, levando em conta os poucos que ainda sobraram em estado selvagem”, disse Feld, que acrescentou que a decisão será a “mudança mais significativa” feita pela produtora desde que fundou o centro.

Este centro, que atualmente abriga uma extensa manada de 40 elefantes, se dedica à preservação e criação desta espécie e desde sua abertura em 1995 propiciou o nascimento de 26 exemplares, explicou o presidente e diretor-executivo da companhia, Kenneth Feld.

Por outra parte, a produtora destacou que localizou elefantes em oito zoológicos através de empréstimos ou de doações e que continuará com seu apoio ao Smithsonian Institution em sua investigação para encontrar cura para as doenças que afetam elefantes jovens.

“Como produtores do “Greatest Show on Earth”, sentimos que temos a responsabilidade de preservar as estimadas tradições que todos esperam de uma atuação do Ringling Bros. enquanto nos esforçamos para manter o espetáculo fresco e contemporâneo”, comentaram fontes da produtora.