Cinzas vulcânicas complicam controle de incêndios na Patagônia

Mais de 300 brigadistas trabalham por terra para tentar controlar as chamas

Buenos Aires – As cinzas do vulcão chileno Puyehue suspensas no ar, somadas à fumaça e restos florestais queimados impediram neste domingo o uso de helicópteros e aviões-tanque para tentar controlar os incêndios que afetam a província argentina de Chubut, vizinha ao Chile.

A informação foi dada à agência estatal ‘Télam’ por Evaristo Melo, diretor de Defesa Civil da província patagônica, onde os incêndios já afetam mais de 3.000 hectares.

Mais de 300 brigadistas trabalham por terra para tentar controlar as chamas, e entre eles estão desde o sábado reforços enviados do Chile.

O diretor de Defesa Civil da província afirmou que por enquanto não há feridos ‘nem nenhuma população em perigo’ e confirmou que já foram evacuadas mais de 50 pessoas, entre habitantes e turistas que acampavam nas cercanias de uma vila turística.