Cinco civis morrem em combates em Donetsk

Diversos bombardeios atingiram os bairros de Kuïbychevski e Kiïvski, perto da estação de trem, até a meia-noite

Cinco civis morreram e 24 ficaram feridos na noite de quarta-feira em Donetsk, reduto separatista do leste da Ucrânia, onde prosseguem os combates entre o exército ucraniano e os insurgentes pró-russos, apesar da trégua decretada há um mês, indicou nesta quinta-feira a prefeitura.

Esta declaração oficial eleva o número de vítimas em relação ao balanço fornecido por jornalistas da AFP, que haviam visto dois mortos depois que foguetes atingiram várias lojas.

Diversos bombardeios atingiram os bairros de Kuïbychevski e Kiïvski, perto da estação de trem, até a meia-noite. Nesta quinta-feira, foguetes voltaram a ser lançados contra a mesma zona, acrescentou o prefeito.

Um cessar-fogo foi instaurado no dia 5 de setembro para permitir a criação de uma zona tampão no leste da Ucrânia, onde os combates deixaram 3.600 mortos desde abril.

No entanto, embora a trégua seja respeitada em grande parte do front, uma luta sangrenta prossegue em alguns pontos, como o aeroporto de Donetsk.

No total, 330 pessoas morreram na Ucrânia desde que foi assinado o cessar-fogo, segundo um comunicado publicado pela ONU na quarta-feira em Genebra.