Ciclista de 102 anos bate recorde da hora para centenários

Com uma saudável rotina e uma dieta na qual há muitas "frutas e verduras", o idoso corredor assegura pedalar "diariamente, sempre que o tempo permite"

Paris – Robert Marchand, um ciclista francês de 102 anos, bateu nesta sexta-feira o recorde da hora para maiores de cem anos que já pertencia a ele e que foi elevado para 26 quilômetros e 927 metros.

O francês, que nasceu em Amiens em 1911, três anos antes do início da Primeira Guerra Mundial, conseguiu tal façanha no velódromo de Saint-Quentin-en-Yvelines, nos arredores de Paris.

Em meio a uma grande mobilização midiática, o idoso melhorou a marca que pertencia a ele mesmo, de 24 quilômetros e 251 metros, estabelecida há dois anos na Suíça.

Visivelmente cansado, Marchand ainda teve que passar pelo exame antidoping, já que seu recorde foi homologado pela União Ciclística Internacional (UCI).

Mas o idoso advertiu que não tinha nenhum problema em realizar o testo, já que só come mel antes da prova.

Em setembro de 2012, o idoso estabeleceu o recorde de velocidade em bicicleta de 100 quilômetros para centenários, ao percorrer essa distância em 4 horas, 17 minutos e 27 segundos em um velódromo de Lyon.

Com uma saudável rotina e uma dieta na qual há muitas “frutas e verduras”, o idoso corredor assegura pedalar “diariamente, sempre que o tempo permite”.

Marchand mede 1,50 metros e pesa 50 quilos (medidas que o impediram de se tornar profissional quando tinha 20 anos), e participou de sua primeira rota ciclística de longo percurso aos 86 anos, em 1998.