Chuvas na Polônia deixam seis mortos e mais de 30 feridos

As tempestades são em muitos casos acompanhadas de fortes ventos de até 150 km/h em zonas do norte e oeste do país

Varsóvia – Seis pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas durante as fortes tempestades que ocorreram na Polônia desde a sexta-feira.

A última vítima mortal é uma mulher de 60 anos que morreu hoje em Trzecianow (oeste da Polônia) por causa dos ferimentos provocados pelo desabamento do telhado de um local onde se refugiou da tempestade.

Entre os mortos durante o final de semana estão dois adolescentes de 13 e 14 anos que perderam a vida quando acampavam com um grupo de escoteiros e sua barraca foi esmagada por uma árvore que caiu por causa do temporal.

A promotoria de Suszek (norte da Polônia), onde morreram as jovens, anunciou hoje que abriu uma investigação para determinar por que o grupo acampou em um entorno inseguro perante o risco de tempestades.

As tempestades são em muitos casos acompanhadas de fortes ventos de até 150 km/h em zonas do norte e oeste do país.