Choques entre regime e EI na Síriamatam pelo menos 26

Um suicida do EI explodiu um carro-bomba nas proximidades da base militar, o que derivou em combates no bairro vizinho de Huiya al Mariyia

Beirute – Pelo menos 26 pessoas morreram na noite de quarta-feira em um atentado e em choques entre as forças do regime e combatentes do grupo radical Estado Islâmico (EI) na cidade de Deir ez Zor, no nordeste da Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Entre os mortos, 19 eram soldados governamentais, que perderam a vida no atentado e nos enfrentamentos que ocorreram depois nas imediações do aeroporto militar da população, em mãos das autoridades.

Um suicida do EI explodiu um carro-bomba nas proximidades da base militar, o que derivou em combates no bairro vizinho de Huiya al Mariyia.

Os jihadistas também lançaram projéteis contra a cidade de Yafra, em poder das forças governamentais e próxima ao aeroporto.

Por sua vez, os leais ao presidente Bashar al Assad responderam com artilharia e causaram a morte de pelo menos sete extremistas.

O EI proclamou no final de junho um califado no Iraque e Síria, onde conquistou partes do norte e o centro de ambos países.

Em julho, o grupo tomou o controle quase total da província de Deir ez Zor, exceto de alguns distritos de sua capital homônima e do aeroporto.